12 Resultados para: Flávio medeiros

Homens e Monstros – A Guerra Fria vitoriana, Flávio Medeiros Jr. (e-book)

Em Homens e Monstros – A Guerra Fria vitoriana, romance do elogiado autor de ficção científica Flávio Medeiros Jr., encontre o Almirante Nemo, Axel Lidenbrock, Dr. Jekyll e outros personagens célebres da literatura fantástica vitoriana em um contexto diferente das obras originais. Existe um sentido para a ética na guerra? Como ela transforma os homens? Se os converte em monstros ou apenas liberta o que guardam dentro de si, só há um jeito de saber. Engrene-se nas histórias que formam essa realidade steampunk extraordinária.

Se preferir a versão em papel, clique aqui.

Homens e Monstros – A Guerra Fria vitoriana, Flávio Medeiros Jr.

Em Homens e Monstros – A Guerra Fria vitoriana, romance do elogiado autor de ficção científica Flávio Medeiros Jr., encontre o Almirante Nemo, Axel Lidenbrock, Dr. Jekyll e outros personagens célebres da literatura fantástica vitoriana em um contexto diferente das obras originais. Existe um sentido para a ética na guerra? Como ela transforma os homens? Se os converte em monstros ou apenas liberta o que guardam dentro de si, só há um jeito de saber. Engrene-se nas histórias que formam essa realidade steampunk extraordinária.

Se preferir a versão em e-book, clique aqui.

Imaginários – contos de fantasia, ficção científica e terror, vol. 1 (e-book)

Grandes e novos autores exploram infinitos imaginários nesta coletânea da Editora Draco. A coleção Imaginários trará, a cada volume, contos inéditos que explorarão o fantástico em todas as suas variantes, contando histórias de ontem, de hoje, de amanhã e – por que não? – de nunca.

Se preferir a versão em papel, clique aqui.

Imaginários – contos de fantasia, ficção científica e terror, vol. 1

Grandes e novos autores exploram infinitos imaginários nesta coletânea da Editora Draco. A coleção Imaginários trará, a cada volume, contos inéditos que explorarão o fantástico em todas as suas variantes, contando histórias de ontem, de hoje, de amanhã e – por que não? – de nunca.

Se preferir a versão em e-book, clique aqui.